Categorias
Auditoria Financeira Camargos Contadores Capital de Giro Contabilidade importância dos orçamentos para empresas

O que é fluxo de caixa e como aplica-lo a seu negócio

Toda e qualquer empresa deve entender os fundamentos básicos de seu financeiro para que as operações diárias não sejam comprometidas e não gerem surpresas a empresa. Para isso se faz necessário a utilização do fluxo de caixa da empresa. 

O objetivo dessa ferramenta é projetar as possíveis receitas e despesas dentro de um período de tempo estimado. O saldo da conta bancária nem sempre reflete a realidade da empresa, pois existem vários fatores que devem ser levados em consideração, neste caso a realidade da empresa fica escondida. 

Por exemplo:

A empresa pode ter tido um pico de vendas ou ter recebido antes do prazo. Neste cenário a empresa está com um caixa elevado, mas não significa que ela tem lucro. Deve-se analisar as despesas e projetar o fluxo de caixa para a quitação nos próximos dias ou meses dessas despesas. Assim fica claro se o saldo em caixa atual e projetado será suficiente para honrar esses compromissos. 

O fluxo de caixa é uma ferramenta que ajuda o empresário a se preparar para eventuais situações futuras. 

Como construir um fluxo de caixa?

Primeiramente a empresa deve realizar um levantamento dos seguintes aspectos financeiros: 

Contabilizar todas as entradas:

No departamento financeiro entradas são caracterizadas por todo e qualquer valor que aumento o saldo bancário. 

Exemplos de entradas: 

Valor a ser pagos pelos clientes pelo produto e serviços, possíveis rendimentos, aporte de capital pelo sócios/acionistas e valores ganhos com marcas e divulgações. 

Contabilizar todas saídas:

No departamento financeiro as saídas são caracterizadas pelo todo e qualquer valor que diminua o saldo bancário. 

Exemplos de saídas: 

Contas de Luz, Água, Aluguel, custo com matéria prima, divulgações, funcionários, custos operacionais pertinentes ao seu negócio. 

Após realizar este levantamento a empresa deve projetá-lo. 

Para projetar basta espelhar essas receitas e despesas a data desejada, porém deve-se atentar as seguintes variáveis: 

  • Índice de vendas do mês corrente, 
  • Prazo de pagamento dos clientes; 
  • Prazo de pagamento aos fornecedores; 
  • Sazonalidade inerente da atividade exercida; 
  • Despesas fixas e variáveis.

Benefícios da utilização do fluxo de caixa para seu negócio:

Nesta visão a empresa terá uma visão macro do financeiro no presente e no futuro. Ela é uma excelente ferramenta para verificar os orçamentos planejados e verificar o dia a dia da empresa. Por esse motivo é de sumo importância dos orçamentos para empresas.  Na perspectiva futura o empresário pode se preparar para possíveis aumentos de demanda e possíveis custos adicionais no mês correte, podendo elaborar estratégias para burla-los. 

O fluxo de caixa pode servir para registrar históricos financeiros possibilitando uma auditoria financeira. 

Leia também:

Publicações Recentes:

Categorias
Auditoria Contábil Auditoria Financeira Camargos Contadores Contabilidade

Auditoria Financeira

Ao falarmos da área financeira, vem em mente três aspectos temporais relevantes, o passado, o presente e o futuro.

O passado da área financeira está nas mãos do contador e são apresentados por meio dos demonstrativos contábeis (Balanço Patrimonial, Demonstrações do Resultado do exercício e Demonstração do Fluxo de Caixa).

O presente está nas mãos do Controller, Gerente financeiro, Diretor financeiro, entre outras denominações que possam surgir para o responsável da área financeira das Empresas.

O futuro via de regra consta do planejamento estratégico, orçamento e fluxo de caixa futuros, podem existir outras nomenclaturas, porém todas tem a mesma finalidade que é projetar o futuro da Empresa, orientar os passos que a Entidade deve seguir para elevar seu patamar.

Portanto, a auditoria financeira é extremamente relevante para identificar diversas situações que impactam em todos os aspectos temporais das Empresas.

A auditoria financeira consiste em aumentar o grau de confiança dos usuários das demonstrações financeiras.

Auditar as finanças de uma Entidade é certificar-se que as demonstrações financeiras estão atendendo os aspectos das normas contábeis vigentes.

São levados em considerações os procedimentos adotados, para todas as movimentações financeiras das Entidade, mudanças de procedimentos que possam afetar o futuro e a comparação com o passado.

A realização de auditoria financeira contempla os seguintes aspectos:

  • Mapeamento de processos;
  • Identificação de riscos;
  • Identificação de controles; e
  • Analise de resultados.

Como se vê a auditoria financeira é uma questão para entidades de todos os portes e setores.

Ajudamos sua empresa na gestão estratégica a partir de soluções personalizadas, seguras e descomplicadas, tendo como pilar especialistas de alta performance. 

Leia também: