fbpx

Comumente, os médicos e profissionais de saúde não conseguem utilizar a contabilidade como ferramenta de gestão, pois deparam-se com números, relatórios e exigências legais complexas. Todavia, o médico não pode se render a essas dificuldades, pois a contabilidade para médicos é essencial em uma gestão estratégica de sucesso das clínicas, laboratórios e hospitais.

Por isso, trazemos nesse artigo, um direcionamento do que a sua contabilidade deve apresentar periodicamente, bem como as informações que serão evidenciadas pelo Contador e que você como gestor pode colher dos relatórios contábeis emitidos pela sua contabilidade especializada.

Contabilidade para médicos. O que você precisa saber?

Para o sócio, administrador, supervisor e gestor de clínicas, laboratórios e hospitais existe uma máxima: “nunca se afaste dos números”. Isso quer dizer que os números são indicadores da prosperidade ou do risco de fracasso.

Os relatórios contábeis, tais como, Balancete, Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultados, Demonstração de Fluxo de Caixa, Demonstração do Valor Agregado, são grande fonte de informação sobre a saúde econômica, financeira e patrimonial da clínica, laboratório ou hospital. Nesses relatórios é possível verificar a lucratividade, o endividamento, os investimentos, os tipos de receitas e despesas e muito mais.

Para uma gestão adequada, no mínimo, deve-se saber as seguintes informações e procedimentos:

  • o lucro do período
  • o lucro a distribuir para sócios
  • saldo em caixa e bancos
  • os valores a receber de clientes e plano de saúde,
  • o prazo médios de recebimento de clientes e plano de saúde;
  • o total de investimento em estrutura e equipamentos,
  • os valores a pagar de tributos, funcionários, fornecedores
  • o prazo médios das contas a pagar
  • o saldo de financiamentos a pagar
  • quanto as principais despesas representam do total da receita
  • comparar as receitas e despesas de um período para o outro.

A contabilidade para médicos é necessária?

Certamente que sim! A contabilidade para médicos é essencial, pois além de ser uma ferramenta de gestão estratégica para o sucesso do negócio, reflete a geração de riqueza para os sócios, que suportaram os seus gastos pessoais e suas aquisições patrimoniais na pessoa física.

Muitos médicos e profissionais da saúde já se deparam com exigências de bancos, com exigências para financiamento imobiliário, com malha fiscal na Receita Federal, porque não tinha os rendimentos compatíveis com o patrimonial adquirido ou compatível com o projeto pessoal a realizar. Esse problema somente se resolve, se a contabilidade da clínica, laboratório e hospital estiver regular.

Como se dá a escolha de um escritório de contabilidade para médicos?

Quando o médico decidi por empreender, ele deve se cercar de segurança, simplificação e qualidade. Portanto, ao contratar os prestadores de serviços, principalmente, o escritório de contabilidade, o médico deve se certificar de que o mesmo possui:

  • capacidade técnica e experiência, o que te dará segurança, pois esse profissional manterá sua empresa regular perante o fisco, as normas trabalhistas e gerará informação contábil confiável para gestão;
  • compromisso com o resultado de forma eficiente e ética, isto é, o escritório de contabilidade garantirá a entrega de forma simplificada e dentro da normas;
  • atendimento personalizado, pois a qualidade do serviço somente existe, se o benefício gerado pelo serviço for aquilo que o cliente deseja.

Temos tanta convicção de que esses elementos são essenciais, que a missão da Camargos Contadores & Associados é “apoiar a gestão estratégia do cliente, a partir de soluções personalizadas, descomplicadas e segura, tendo como pilar especialistas de alta performance.”.

Estamos escrevendo uma série de artigos para apoiar médicos e outros profissionais de saúde com informações relevantes. Nos colocamos a disposição para esclarecimentos e trocas de experiências. Afinal, quando se fala de contabilidade para médicos em Brasília, a Camargos Contadores & Associados é referência.

Leia também: